Pub

Através da realização deste encontro, a Câmara Municipal pretendeu ouvir a opinião dos empresários sobre os problemas que enfrentam, de modo a criar-se as parcerias que permitam uma intervenção conjunta na resolução dos problemas que se colocam actualmente ao turismo no município e no Algarve.

A agenda da reunião de trabalho compreendia temas como as acções para trazer mais turistas a Portimão em 2010 e, sobretudo, a preparação de medidas para o período 2011 – 2013.

No horizonte de 2010, as grandes questões estão relacionadas com a segurança e a promoção turística, com efeito a curto prazo. Em matéria de segurança, houve unanimidade em enfrentar os problemas reais, através de uma maior ligação dos diversos estabelecimentos com as forças de segurança e de medidas a implementar, como é o caso da videovigilância.

A Câmara de Portimão garante que “os empresários reconheceram a grande mais valia dos equipamentos públicos e privados construídos durante os últimos anos e da política de eventos que tem vindo a ser desenvolvida” e considera que “os equipamentos e eventos têm permitido posicionar Portimão em diversos segmentos do mercado turístico e contribuem para que os visitantes de um dia voltem, como turistas de estadia”, adiantando que “as acções a desenvolver ainda em 2010 visam tirar maior e melhor proveito desta realidade e dirigem-se a mercados de proximidade”.

A autarquia explica ainda que “numa ligação entre 2010 e anos futuros, houve acordo generalizado em assentar a promoção em torno da marca Portimão, como cidade criativa e zona turística diversificada, com destinos e produtos já posicionados no mercado, tanto mais que o Algarve é a maior e mais conhecida região de turismo do país, reforçada por um posicionamento de Portimão como cidade cosmopolita e importante zona de turismo assumidamente inovadora”.

Neste contexto, foi apresentado o projecto de criação da Associação de Turismo de Portimão, com o fim de “reforçar a parceria público/privada nesta área e intervir, de uma forma reforçada, a nível da Associação do Turismo do Algarve, quer na promoção do turismo, quer no desenvolvimento de acções regionais para captar um maior apoio das estruturas nacionais”. “Esta proposta colheu significativa adesão por parte dos empresários”, adianta a edilidade.

A melhoria do “produto turístico” foi outro dos temas em debate, desde os aspectos mais imediatos e práticos, a intervenções de requalificação e renovação urbanas, que estão ainda a ser estudadas, tendo sido prestada aos presentes uma primeira informação sobre estes projectos.

Por fim, Manuel da Luz garantiu que “tudo será feito para concretizar, ainda no horizonte até 2013, o projecto do Aeródromo Regional do Barlavento”, previsto no Modelo Territorial do PROTAL e cuja importância foi reconhecida pelos participantes.

Clique na foto para vê-la maior

Pub