Pub

Segundo a Câmara de Olhão (PS), o Natal e a passagem de ano serão em 2010 celebradas de “forma mais modesta” devido às “difíceis condições” que o país e as autarquias, entre as quais a de Olhão, atravessam.

Para poupar dinheiro, a Câmara decidiu reduzir para metade dos custos com a iluminação de Natal (para 42 mil euros) e suspender a festa de “revéillon” habitualmente oferecida aos munícipes.

“Vivemos tempos de contenção e é necessário fazer opções”, lê-se num comunicado divulgado hoje pela autarquia, que sublinha que as medidas permitirão poupar algumas dezenas de milhares de euros.

Lusa

Pub