Pub

A autarquia de Faro colocou apenas um presépio com algumas luzes de Natal, recorrendo a equipamento do município.

A Câmara de Portimão decidiu cortar este ano os custos com a iluminação de Natal, optando por promover uma feira com produtos tradicionais e, em Olhão, haverá entrega de cabazes de Natal a famílias carenciadas e não vai haver iluminação de Natal.

Em São Brás de Alportel apenas será iluminada uma árvore no Largo de São Sebastião e em Tavira não haverá luzes natalícias. Ao invés da iluminação, a autarquia tavirense já disse que irá reforçar os apoios concedidos às famílias carenciadas do concelho nesta época natalícia.

O executivo municipal decidiu limitar as iluminações natalícias à instalação de uma árvore de Natal na Praça da República, com um custo inferior a quatro mil euros.

O Município de Tavira procederá à distribuição de 250 cabazes de Natal às famílias carenciadas do concelho, rentabilizando as poupanças resultantes desta decisão e complementando um conjunto de apoios sociais que têm sido atribuídos regularmente no contexto do programa Tavira Solidária.

Redação com Lusa
Pub