Inicio | Economia | Caminho dos Presépios quer dinamizar comércio de Portimão e de Ferragudo

Caminho dos Presépios quer dinamizar comércio de Portimão e de Ferragudo

Caminho_presepios_teia_d_impulsosSessenta representações integram o “Caminho dos Presépios”, uma iniciativa que pretende atrair visitantes para dinamizar o comércio na cidade de Portimão e na vila de Ferragudo durante a quadra natalícia.

Organizado pela Associação Teia D’Impulsos, a primeira edição do evento decorre até ao dia 05 de janeiro de 2014, com a participação de 43 estabelecimentos de comércio e de restauração, aos quais se juntam particulares e outras entidades, num total de 60 representações artísticas do nascimento do Menino Jesus num estábulo.

“As representações vão desde o tradicional presépio algarvio a outros mais alternativos com características próprias, tanto em termos de materiais como de mensagem”, indicou à agência Lusa Nuno Vieira, presidente da Associação Teia D’Impulsos.

Segundo Nuno Vieira, a iniciativa pretende dinamizar o comércio local das duas localidades, “aproveitando os presépios desenvolvidos por altura da quadra natalícia por particulares, integrando-os num percurso, juntamente com os dos estabelecimentos comerciais e das associações”.

“Além de poderem apreciar os presépios, as pessoas podem usufruir das ofertas especiais do comércio, que passam por promoções e descontos, a menus nos estabelecimentos de restauração”, destacou.

Para a concretização dos projetos que retratam o nascimento de Jesus e conduzem os visitantes a uma viagem através das tradições, foram utilizados diversos tipos de materiais, tendo alguns comerciantes optado por deixar “as obras” à criatividade de artistas plásticos.

“Como se trata também de um concurso, é importante que os artistas plásticos locais sejam chamados a participar com a sua criatividade”, disse à agência Lusa Sousa Faria, artista plástica convidada para concretizar o presépio de uma loja de ótica no centro da cidade de Portimão.

“O desafio foi aliciante, pois apenas foram utilizados óculos, cartão e outros objetos, tudo materiais comercializados numa loja de ótica, tendo sido concebido um projeto diferente e original, mas enquadrado na iniciativa e na quadra festiva”, destacou.

Para Sousa Faria, “os materiais novos e as técnicas diferentes resultaram num efeito bem original”.

A construção e exposição pública de presépios é também uma tradição da vila de Ferragudo, tendo a população acolhido a iniciativa com entusiasmo de forma a dar maior visibilidade às representações natalícias.

“É uma forma de chamar à atenção para os trabalhos e atrair mais pessoas, já que, ao contrário de outros anos, este ano haverá divulgação e indicações para os presépios”, disse à agência Lusa Maria Cleunice, moradora em Ferragudo.

Segundo aquela moradora, algumas das representações do nascimento do Menino Jesus no estábulo, “são verdadeiras obras de arte que merecem ser apreciadas”, apontando as muitas horas de trabalho despendidas para a sua concretização.

“Demorei três dias para fazer o meu presépio com imagens que fogem um pouco ao tradicional, mas sem sair do essencial que é retratar o nascimento do Menino”, indicou.

Expostos pelos estabelecimentos e vários espaços públicos de Portimão e de Ferragudo, até ao dia 05 de janeiro de 2014, os presépios vão ser avaliados por um júri que premiará os três mais criativos e originais.

Verifique também

Câmara Vila Real de Santo António questiona dados que apontam rutura finaneira

A Câmara de Vila Real de Santo António questionou ontem os critérios que levaram o …