Breves
Inicio | Igreja | Canção Nova manifesta disponibilidade para continuar a colaborar com a Igreja algarvia

Canção Nova manifesta disponibilidade para continuar a colaborar com a Igreja algarvia

Cancao_novaA Comunidade Canção Nova (CCN) em Portugal manifestou disponibilidade para continuar a colaborar com iniciativas promovidas no Algarve.

Em declarações ao Folha do Domingo, José Luiz, responsável nacional da CCN, considera que o trabalho feito na Diocese do Algarve, em colaboração com o Renovamento Carismático Católico (RCC), tem sido “muito bonito”.

Recorde-se que o RCC tem promovido diversos encontros no Algarve com missionários da CCN sobre diversos temas. Em novembro do ano passado, realizaram-se três encontros com o casal Roque e Gisela Savioli, cardeologista e nutricionista, e no fim de semana passado mais dois encontros com o casal Ricardo e Eliana Sá, todos membros da CCN.

José Luiz lembra que a comunidade tem feito em Portugal um “trabalho intenso de evangelização pela televisão”, mas aos fins de semana procura também “atender às solicitações das diversas dioceses”. “É uma forma de colaborar com as próprias dioceses”, evidencia, deixando uma certeza: “queremos gastar a vida nesse sentido”.

Aquele responsável lembra que, também no Algarve, existem “muitas pessoas que não só assistem à TV Canção Nova, “mas também contribuem” para a comunidade.

A Canção Nova foi fundada em 1976 no Brasil e chegou a Portugal em 1998. A comunidade tem um trabalho específico através dos meios de comunicação social, quer na rádio, quer na televisão (MEO e NOS – canal 186; Vodafone – canal 168; Cabovisão – canal 145), quer na internet. A produtora da TV Canção Nova em Portugal teve o seu início em maio de 2001, com a missão de realizar a primeira transmissão da Canção Nova nas festividades da peregrinação dos 12 e 13 de maio.

Verifique também

Setor da Catequese da Diocese do Algarve reuniu com responsáveis vicariais para avaliar o ano

O Setor da Catequese da Infância e Adolescência da Diocese do Algarve reuniu no passado …