Pub

Carlos Oliveira, que não se quis alongar em declarações, manifestou à FOLHA DO DOMINGO estranheza pelo facto de a instituição não ter sido auscultada para a prestação de um serviço que tem vindo a realizar desde fevereiro de 2011.

Recorde-se que a Caritas algarvia tem a funcionar desde aquela data, o fornecimento de jantares às terças e quartas-feiras a cerca de 50 beneficiários. Os utentes, na sua maioria desempregados, trazem os próprios recipientes para recolher a refeição que levam depois para comer em casa.

O fornecimento das refeições é assegurado pela organização da Igreja Católica, em articulação com outras instituições da cidade, como a paróquia de São Pedro de Faro, a CASA – Centro de Apoio aos Sem-abrigo e a Santa Casa da Misericórdia, que disponibilizam refeições noutros dias da semana.

Samuel Mendonça
Pub