Pub

O guia neste primeiro percurso, o padre Carlos Aquino, pároco de Silves, iniciou a visita junto ao batistério, onde se pode ver uma lápide com uma inscrição em latim: “Agora por que te deténs? Levanta-te, batiza-te e lava os teus pecados, invocando o Seu nome”. Retirada do Livro dos Atos dos Apóstolos (22-16), esta passagem foi usada pelo sacerdote para definir a ideia central que conduziu toda a visita: “a catedral é espaço onde a Palavra tem singular importância, bem como o partir do pão, que se faz na Eucaristia e ambos – Palavra e Pão – são formas de tornar Cristo, presente no espaço sagrado que é o templo”.

Para além do batistério, a visita levou os participantes a compreenderem melhor o altar da Palavra, no qual estão representados Deus Pai e os quatro evangelistas. Carlos Aquino referiu a importância das cores escolhidas pelos pintores, que escondem uma simbologia muito própria e salientou, com grande veemência a importância que a Palavra sempre teve para a comunidade religiosa silvense, a tal ponto, que lhe foi dedicado um altar específico, herança que a atual comunidade deverá, nas palavras do sacerdote, “saber preservar e dar continuidade”.

A visita terminou junto ao ambão, espaço por excelência de proclamação da Palavra. Aquando da reabertura da catedral, foi criado uma nova estante, na qual estão representados os tetramorfos dos evangelistas, tendo o sacerdote explicado o seu significado e origem.

“Há mais de 40 anos que venho à catedral e nunca tinha reparado em algumas destas coisas, muito menos sabia o seu significado, pelo que saímos daqui mais ricos espiritualmente e culturalmente”, comentava no final da visita um dos participantes.

“Estas visitas têm como objetivo permitir aos participantes um conhecimento mais profundo do monumento, de modo a que, através da arte, da arquitetura e da espiritualidade, o possam fruir completamente”, explica a paróquia.

A próxima visita terá lugar no dia 4 de dezembro, à mesma hora, sendo guiada por Luís Santos, jurista e terá a seguinte temática orientadora: “Catedral: a casa dos crentes”. “Conhecer as características de um templo gótico, que ao longo das épocas sofreu diversas intervenções, perceber de que modo essas características permitiram a implementação de estratégias conducentes à concentração dos fiéis, à sua imersão na dimensão do sagrado e, simultaneamente perceber quais os factos históricos mais ligados à catedral de Silves”, serão os grandes objetivos desta visita.

Advento é o tempo (o primeiro) do ano litúrgico, o qual precede e prepara o nascimento de Cristo, constituído, no calendário religioso, pelas quatro semanas que antecedem o Natal.

Pub