Pub

Sendo encarada como uma das iniciativas mais significativas das que a Igreja algarvia realiza no decurso de cada ano pastoral, o Lausperene Diocesano – adoração permanente ao Santíssimo Sacramento (hóstia que, depois de consagrada, passa a ser o corpo de Cristo) – volta, uma vez mais, a realizar-se na Diocese do Algarve já a partir de hoje e prolonga-se até ao dia 16 deste mês, decorrendo no âmbito da Semana Nacional dos Seminários (11 a 18 de novembro).

Promovida pela equipa formadora do Seminário de Faro, o Lausperene volta a mobilizar toda a Igreja algarvia, durante 15 dias, para uma cadeia de oração ininterrupta ao Santíssimo Sacramento, 24 horas por dia. Assegurada pelas paróquias que constituem as quatro vigararias, pelas comunidades, congregações, grupos e movimentos católicos da diocese algarvia, a iniciativa irá pedir a Deus vocações de consagração, tanto no sacerdócio, como na vida religiosa ou nos institutos seculares.

O Lausperene Diocesano terá então início esta noite na igreja de São Brás de Alportel, às 21 horas, com a celebração da eucaristia, particularmente destinada à participação das comunidades algarvias do sotavento, constituintes das vigararias de Faro e Tavira.

Depois de passar pelas várias comunidades paroquiais da diocese, segundo o programa anunciado que prevê um itinerário distribuído pelas vigararias de Faro, Tavira, Portimão e Loulé, o Lausperene terminará com uma vigília na igreja de Albufeira, pelas 21h, aberta novamente a toda a Igreja algarvia, mas particularmente dirigida às vigararias do barlavento: Loulé e Portimão.

Samuel Mendonça
Pub