Pub

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

O Presidente da República, Cavaco Silva, vai doar parte da sua biblioteca pessoal, mais de cinco mil obras, à Biblioteca Municipal de Loulé, disse hoje à Lusa fonte da Presidência da República.

Cerca de cinco mil livros foram hoje entregues à biblioteca do concelho natal de Cavaco Silva (Loulé) e incidem sobre áreas como a economia, finanças, história, política, diplomacia ou literatura, estando prevista uma segunda entrega que, segundo a mesma fonte, será composta por “largas centenas” de obras.

A ata de entrega da primeira remessa de livros foi hoje assinada pelo diretor do Serviço de Documentação e Arquivo da Presidência da República e pela responsável da área de Bibliotecas e Arquivo da Câmara Municipal de Loulé, na presença de Aníbal Cavaco Silva e do presidente da Câmara de Loulé, Vitor Aleixo.

À margem da cerimónia, o presidente da autarquia, Vítor Aleixo, disse à Lusa que as obras vão ser expostas numa nova ala da biblioteca, ainda por inaugurar, espaço que se vai intitular “Fundo Aníbal Cavaco Silva”.

Embora se preveja que todas as obras sejam disponibilizadas para consulta, apenas uma parte do espólio ficará disponível fisicamente na nova ala da biblioteca, enquanto a outra ficará guardada em depósito, acrescentou.

Vitor Aleixo sublinhou que a doação é um motivo de honra e satisfação para os munícipes de Loulé, observando que a Biblioteca Sophia de Mello Breyner Andresen “vai ficar mais rica, com um número tão vasto de obras que abarcam diversas temáticas”.

A formalização da doação, através de protocolo, deverá ocorrer quando o espólio estiver pronto para consulta pública, um momento para o qual o autarca espera contar com a presença de Cavaco Silva, em Loulé.

Aquele responsável não adiantou uma data para a inauguração da nova ala da biblioteca, embora preveja que seja já posterior à cessação de funções de Aníbal Cavaco Silva enquanto Presidente da República, prevista para 09 de março.

Aníbal Cavaco Silva nasceu a 15 de julho de 1939 em Boliqueime, concelho de Loulé, terra de residência da sua família, ali tendo passado a infância e grande parte da juventude, de onde saiu aos 17 anos, para seguir os seus estudos superiores em Lisboa.

Pub