Pub

A situação mais complicada aconteceu no Aeroporto de Faro, onde “caiu uma parte da cobertura que provocou cinco feridos leves”, referiu a mesma fonte, sublinhando que o “pico das ocorrências foi entre as cinco e as seis da manhã”.

“Durante a madrugada, incluindo esta situação, registámos 37 ocorrências no distrito”, afirmou o comandante Abel Gomes, destacando “algumas quedas de árvores, quedas de estruturas, inundações e acidentes rodoviários”.

As 37 ocorrências registadas durante a madrugada, contabilizando a queda de uma parte da cobertura na zona do “check in” do aeroporto, afetaram cinco municípios do distrito de Faro.

“Houve mais três feridos a registar, mas vítimas de acidentes rodoviários”, destacou o comandante Abel Gomes.

O mau tempo está também hoje a impedir a aterragem e descolagem de aviões no Aeroporto de Faro, de acordo com fonte aeroportuária.

Lusa
Pub