Breves
Inicio | Sociedade | Cear e festejar num hotel algarvio pode chegar aos 240 euros

Cear e festejar num hotel algarvio pode chegar aos 240 euros

À cabeça do cardápio de propostas, os hotéis de quatro e cinco estrelas oferecem ceia, champanhe e serpentinas por valores que podem ir, por exemplo, dos 199 euros do Sheraton Pine Cliffs aos 240 euros do Grande Real Santa Eulália, em Albufeira.

No Pine Cliffs, o estratégico preço de 199 euros dá direito a um banquete com inúmeras entradas, entre as quais peito de codorniz assado coberto com compota de cebolas caramelizadas, e dois pratos principais.

São eles filete de pregado assado com ballotin de espinafre recheado com mexilhões e caracóis do mar e Filet Mignon, acompanhado de soufflé com mousse de cogumelos, trufa negra e puré de abóbora com tomilho.

No rodapé do cardápio das propostas algarvias, por uns módicos 45 euros, o restaurante Moreno, junto ao aeroporto de Faro, oferece secretos de porco preto grelhados e bacalhau com natas, vinho à descrição e champanhe à meia-noite.

Tudo isto embrulhado na música do duo “Valter e Carlos” e bailarico popular, seguido do aconchegante caldo verde, já de madrugada.

Com previsões de quebras de 30 por cento na ocupação hoteleira face à última passagem de ano, segundo dados dos dirigentes hoteleiros, os hotéis algarvios apresentam este ano pacotes mais criativos para quem, além de boa mesa, queira também passar uma ou duas noites fora de casa.

No Palácio de Estói, recentemente convertido em pousada, faz-se um autêntico convite ao sonho: ser rei ou rainha por uma noite, optando por um “pack” que inclui duas noites em quarto duplo, jantar e ceia de fim de ano, com champanhe à meia-noite e pequeno-almoço buffet. Tudo a partir de 340 euros por casal.

Por 230 euros/pessoa, no Suite Hotel Praia Verde Resort, em Altura, Castro Marim, propõe-se uma estadia de duas noites, jantar de gala no restaurante panorâmico e festa de réveillon na Praia Verde, com direito a buffet especial de Ano Novo.

No capítulo das receitas de luxo, há casos em que as boas-vindas a 2012 se farão sob o relampejar de fogo de artifício exclusivo.

É o caso do Hotel Grande Real Santa Eulália, em Albufeira, com um programa de luxo, que além do fogo inclui jantar de gala e um show piromusical na praia, ao ritmo dos Roxy & Groove Boys Band. O preço também é de luxo: 240 euros por pessoa.

Mas para quem se contentar com menos, haverá fogo de artificio e festejos gratuitos um pouco por todo o Algarve, na maioria dos casos promovidos pelas Câmaras da região.

A começar por Albufeira, onde o palco da Praia dos Pescadores vai receber o habitual concerto junto ao mar, com a cantora Áurea a marcar os últimos minutos de 2011.

No Jardim Manuel Bívar, em Faro, a festa faz-se ao som da música rockabilly dos anos 50, com a banda The Dixie Boys a animar as hostes.

No extremo Leste da região, Vila Real de Santo António encerra o ano com as baladas de Paulo Gonzo e, claro, o inevitável fogo de artifício.

No outro extremo, a barlavento, as Câmaras de Lagos e Portimão assinalam a entrada em 2012 com fogos de artificio nas suas avenidas ribeirinhas.

Lusa

Verifique também

Câmara de Faro atribuiu nome do padre João Sustelo a praceta da cidade

A Câmara de Faro atribuiu no Dia do Município, 7 de setembro, o nome do …