Pub
© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

Os centros sociais paroquiais do Algarve voltam a reunir-se já no próximo dia 15 de outubro, num encontro, uma vez mais, presidido pelo bispo do Algarve e promovido pela Pastoral Social da Diocese do Algarve.

Recorde-se que estas iniciativas tiveram início no último ano pastoral de 2012/2013 com vista a partilhar as dificuldades encontradas no contexto da atual crise económica e social para “definição da convergência na procura duma resposta comum”. O primeiro encontro realizou-se no dia 30 de outubro, em Santa Bárbara de Nexe, enquanto o último decorreu no dia 24 de abril, em Paderne.

Ao convocar o primeiro destes encontros com os presidentes e diretores técnicos daquelas instituições, D. Manuel Quintas lembrava que eles surgiam como resposta ao desejo manifestado por algumas daquelas organizações.

Em Santa Bárbara de Nexe, o prelado pediu aos centros sociais paroquiais que não percam a sua identidade cristã, considerando que “quanto mais a identidade destas instituições for forte, maior será a resposta e a sua eficácia” e apelou ao cuidado na ação espiritual daquelas instituições.

O segundo encontro, em Paderne, serviu para pensar a missão dos centros sociais paroquiais à luz da Doutrina Social da Igreja, evidenciando que os centros paroquiais não promovem o assistencialismo mas a “valorização da pessoa”.

Na missiva agora enviada aos centros sociais paroquiais algarvios, à qual Folha do Domingo teve acesso, para convocação do primeiro encontro deste novo ano pastoral 2013/2014 que terá lugar no Centro Intergeracional da Pegada do Centro Paroquial de Tavira, D. Manuel Quintas lembra que a reunião “procura responder a preocupações comuns de melhor servir aqueles que são a razão de ser” daquelas instituições, bem como “proporcionar a todos um tempo de informação/partilha e formação”. “A abordagem dos temas e a partilha das nossas dificuldades e do modo como as superamos, bem como dos nossos projetos e anseios, ajudar-nos-ão a servir mais e melhor e, sobretudo, servir segundo a identidade própria de uma instituição eclesial, que se inspira em Cristo, no Evangelho e nos princípios da Doutrina Social da Igreja”, escreve.

No encontro de terça-feira será abordado o tema “Identidade cristã dos Centros Sociais no seu agir quotidiano” pela irmã Isabel Martins que indicará também quais os elementos para a elaboração de um plano de formação de colaboradores.

O primeiro encontro deste novo ano pastoral 2013/2014 terá lugar no Centro Intergeracional da Pegada do Centro Paroquial de Tavira, e o segundo, agendado para 8 de abril, terá lugar em local a anunciar.

Pub