Pub

Polvo grelhado com batatas e citrinos, carpaccio de polvo com mousse de tomate, risotto de polvo com favas ou polvo amante de vinho tinto são algumas das receitas que serão preparadas ao vivo na Pousada do Convento da Graça.

Durante o encontro, todos os “chefs” devem fazer obrigatoriamente pelo menos um prato de polvo de Santa Luzia, considerada a “capital” do polvo e onde o molusco tem características específicas por se alimentar de bivalves e habitar zonas arenosas.

“A nossa vontade foi pegar nesse produto que vai ser a curto prazo certificado [polvo de Santa Luzia] e apresentá-lo aos chefes. O engraçado é que todos fizeram pratos diferentes”, conta Rita Cupido, da organização do evento.

Segundo aquela responsável, o objetivo principal do evento é reunir “chefs” de várias nacionalidades numa região onde os restaurantes têm a trabalhar muitos chefes estrangeiros, sobretudo os que possuem Estrelas Michelin.

A edição deste ano reúne chefes de cozinha de restaurantes de Lisboa, Porto e Algarve, entre os quais Santiago Cerisola, chefe do restaurante Ermitage, Jonathan Pratt, Dominique Lienhard, Alexandre Silva, Siegfried Danler-Heinemann e Inês Diniz.

O uruguaio Santiago Cerisola vai apresentar uma receita na qual junta o polvo aos citrinos e ainda uma proposta de carne uruguaia de Angus.

Já Dominique Lienhard, chefe executivo dos cinco restaurantes do Hotel Vila Sol, propõe “Causa de polvo” com pimentos confit e Fricassé de cogumelos selvagens com bolacha de pão e bacon.

Siegfried Danler-Heinemann, proprietário e chefe do restaurante Amadeus, que possui uma Estrela Michelin, aposta num Polvo amante do vinho tinto.

O evento é organizado pelas Edições do Gosto com o apoio da Câmara de Tavira.

Lusa

Pub