Pub

O bispo do Algarve nomeou uma comissão interina para o Secretariado Regional da CIRP – Conferência dos Institutos Religiosos de Portugal, uma vez que no último ano pastoral, devido ao cancelamento dos encontros previstos para os religiosos por causa da pandemia, não foi possível proceder à eleição de um novo secretariado.

O anterior secretariado – que tinha ficado reduzido apenas às irmãs Maria da Glória Pinto (Carmelitas Missionárias) e Anabela Tavares (Filhas de Maria Auxiliadora [salesianas]), após a saída da irmã Carolina Spencer (Missionárias Reparadoras do Sagrado Coração de Jesus) e do frei Paulo Ferreira (Ordem dos Frades Menores [franciscanos]) – continuou em funções, mas agora com a saída também da irmã Glória Pinto, D. Manuel Quintas entendeu que “não fazia sentido ficar reduzido apenas a uma pessoa”.

Irmã Isabel Duque

Assim sendo, a comissão interina nomeada pelo bispo diocesano é constituída pela irmã Isabel Duque (coordenadora), da comunidade de Paderne das Dominicanas de Santa Catarina de Sena, pela irmã Lurdes Farinha (secretária), da comunidade de Porches das Franciscanas Missionárias de Maria e pela irmã Orlanda Costa (tesoureira), da comunidade de Loulé do Instituto de Santa Doroteia.

Irmã Lurdes Farinha

A comissão tem como objetivo programar este ano pastoral e proceder a eleições, de modo a constituir-se, com a participação dos consagrados no Algarve, o secretariado regional da CIRP. Em nota enviada ao jornal Folha do Domingo, o bispo do Algarve agradece à irmã Glória Pinto e à irmã Anabela Tavares pelo seu serviço e dedicação aos consagrados presentes na diocese, bem como às irmãs Isabel Duque, Lurdes Farinha e Orlanda Costa, a sua “disponibilidade para este importante serviço aos consagrados e à diocese do Algarve”.

Irmã Orlanda Costa
Pub