Pub

O grupo reuniu com representantes do Instituto Portuário e dos Transportes Marítimos e da Câmara Municipal de Portimão, ficando a par das principais lacunas existentes e que são consideradas como investimentos fundamentais, nomeadamente a melhoria de acessibilidade ao porto, a dragagem do canal, o prolongamento do cais de acostagem e a construção de um terminal de passageiros com boas condições.

Na sequência desta visita ao Porto de Portimão, os membros das forças políticas representadas naquela comissão foram alertados para a urgência na tomada de iniciativas legislativas que visem desbloquear o atual impasse, relacionado com a falta de investimento do Poder Central.

Nesta visita ficou ainda identificada a necessidade de integrar a gestão dos portos do Algarve na esfera da administração portuária, face à crescente importância do setor para a economia regional e do país, expressa no incremento do turismo de cruzeiros e no aumento das cargas de exportação.

Nos últimos quatro anos, o número de passageiros de cruzeiros movimentados no Porto de Portimão cresceu 673%, passando de 5.798 passageiros movimentados em 2007 para 44.841 passageiros em 2011, estando já confirmadas para este ano 45 escalas.

Pub