Pub

Em entrevista telefónica à Lusa, Eloise Walton, repórter do jornal The Portugal News, dedicado à comunidade britânica no Algarve, explicou que alguns britânicos a viver no Algarve estão a preparar “street parties” (festas de rua).

“São festas típicas dos casamentos reais na Inglaterra, onde as pessoas se juntam nas ruas para fazer um grande almoço. Normalmente fecham a rua ao trânsito e põem as mesas na rua e todos trazem alguma coisa para comer como quiches, bolos, salgados, gelatinas, doces”, explicou.

O próprio jornal The Portugal News vai celebrar o casamento real com uma festa vespertina na redação, onde não vão faltar decorações tradicionais como balões, as Union Jack (bandeiras britânicas) e um bolo especial, acrescentou Walton.

Para além das festas, alguns britânicos estão a aproveitar o “casamento do ano” para angariar fundos destinados a ajudar associações e igreja, lê-se nos jornais ingleses.

Figuras em miniatura do príncipe William e da sua noiva Catherine, da rainha Isabel II, do príncipe Filipe, do príncipe Carlos e de Camila, criados em crochet e lã, vão ser leiloados na Internet, sendo os fundos destinados à Igreja Anglicana de Todos os Santos, em Lagoa.

As figuras em crochet com cerca de 25 centímetros de altura podem ser licitadas no www.allsaintsalgarve.org e o vencedor será anunciado dia 7 de maio, indica o The Portugal News, referindo que as “lembranças” já apareceram noticiadas no canal televisivo BBC, no programa de Graham Norton.

Outra das iniciativas da comunidade britânica no âmbito do casamento real, marcado para sexta-feira, é a angariação de fundos para a Associação de Equitação Adaptada Barlavento, através de um jantar no restaurante “Bom Pecado” na Marina de Lagos.

O jantar vai custar 21 euros por pessoa, verba que reverte para a ajuda da casa da Criança em Lagos, no Núcleo de Educação da Criança Inadaptada (NECI) e para o Centro Hípico Quinta do Paraíso Alto, junto a Bensafrim.

Segundo a rádio Kiss FM, há também um almoço no dia 29 de abril, no Boavista Resort, em Lagos, para seguir em direto, pela televisão, o casamento real.

Um estudo da agência britânica ‘On the Beach’ revela, todavia, que as reservas de viagens com destino a Portugal aumentaram em 90 por cento, em Inglaterra.

O aumento pode estar relacionado com o facto de haver britânicos que não quer ficar no país durante o casamento do príncipe William com Kate Middleton, mas também pelo facto de o dia do casamento logo a seguir à Páscoa, ser feriado no Reino Unido, e de haver pacotes especiais e promoções para quem quiser passar uns dias no Algarve.

Lusa

Pub