Pub

Foto © Samuel Mendonça

O bispo do Algarve acaba de nomear um novo vigário para a pastoral da diocese: o padre António de Freitas, recém-regressado de Roma, onde esteve desde 2015 a estudar Teologia Pastoral na Pontifícia Universidade Lateranense.

O sacerdote, de 34 anos, substitui o cónego José Pedro Martins, de 74 anos, que exerceu aquele serviço quase durante os últimos 30 anos, tendo sido responsável por boa parte da organização e da estrutura que a pastoral da Diocese do Algarve hoje apresenta.

Quando, em 1988, D. Manuel Madureira Dias foi nomeado bispo do Algarve, o prelado recorreu ao então padre José Pedro Martins para a reorganização da diocese, nomeando-o vigário geral com jurisdição sobre a pastoral diocesana em março de 1989, “considerando a necessidade de imprimir à ação pastoral um ritmo mais eficaz e concertado”.

Pouco tempo depois, o bispo diocesano mandou-o, com mais alguns sacerdotes algarvios, para Madrid estudar pastoral no Instituto Superior de Pastoral da Universidade Pontifícia de Salamanca.

Regressado ao Algarve, o cónego José Pedro Martins, natural de Lagos, contribuiu para a aplicação da reforma conciliar na diocese. O sacerdote foi não apenas o mentor da constituição de departamentos, secretariados e sectores (bem como do espaço físico desses organismos), mas o autor de inúmeros subsídios para organização efetiva da pastoral e da liturgia da diocese algarvia à luz das conclusões emanadas do Concílio Vaticano II.

Em 2003, depois de nomeado pároco da matriz de Portimão por D. Manuel Madureira Dias e por ser difícil conciliar esse serviço com as funções de vigário geral, o cónego José Pedro Martins passou então, também por nomeação daquele prelado, a vigário episcopal para a pastoral, missão que continuou a desempenhar até agora.

Durante estes anos, primeiro com o atual bispo emérito do Algarve, D. Manuel Madureira Dias, e depois com o atual bispo do Algarve, D. Manuel Quintas, o sacerdote esteve também ligado aos programas pastorais implementados na diocese, cujas linhas de orientação apresentou nas diversas assembleias diocesanas realizadas.

Pub