Breves
Inicio | Economia | Congresso convoca algarvios a encontrar soluções para economia regional

Congresso convoca algarvios a encontrar soluções para economia regional

As potencialidades e os problemas da economia algarvia vão estar em foco no congresso que a associação empresarial AlgFuturo promove no sábado, em Faro, onde é esperado o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

O presidente da AlgFuturo, José Vitorino, explicou à Lusa que durante o congresso vão ser debatidos os vários “adamastores” da economia algarvia, como é o caso da sazonalidade turística, da fragilidade dos setores primário e secundário, dos desequilíbrios entre o interior e o litoral, da economia paralela e da falta de capacidade para fixar quadros qualificados na região.

No evento vão estar representadas meia centena de entidades, entre as quais autarquias, empresas, universidades e representantes do Governo, contou à Lusa o presidente da AlgFuturo, José Vitorino.

“É um grande ponto de confluência na perspetiva de se encontrarem novos caminhos para superar os bloqueios que nos atormentam no Algarve e que são adamastores reais”, afirmou o responsável.

As portagens na Autoestrada 22, a prospeção e exploração de petróleo e gás natural na costa algarvia, a relação do Algarve com a Andaluzia (Espanha) e os apoios comunitários são outros tópicos que serão abordados neste encontro.

O congresso vai decorrer na Escola de Hotelaria e Turismo de Faro, a partir das 09:30, com a sessão de abertura a contar com uma intervenção da secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

Durante a manhã, os deputados da Assembleia da República eleitos pelo círculo eleitoral de Faro vão debater as tendências e os vetores estratégicos para a economia regional.

“Pontos fortes e os desafios setoriais: interação do turismo potenciadora de riqueza” e “Investimentos, financiamentos, inovação e promoção como fatores de desenvolvimento” são os restantes painéis que vão ser tratados neste encontro, intitulado “Pela excelência da economia do Algarve: superar bloqueios e vencer desafios”.

O objetivo final deste congresso é conseguir que o Algarve produza mais riqueza a partir das suas potencialidades e, por essa via, garantir mais e melhor emprego, acrescentou o responsável.

Para o efeito, José Vitorino defendeu que é preciso encontrar soluções específicas para os problemas da economia algarvia e não deixar que a sua solução seja tratada apenas com estratégias nacionais generalistas.

José Vitorino explicou que o congresso é um ponto de partida para uma série de iniciativas que a AlgFuturo vai desenvolver e que serão anunciadas este sábado.

Verifique também

Produção algarvia de vinho aumenta apesar da seca

A Comissão Vitivinícola do Algarve (CVA) diz que apesar do “ano atípico” que obrigou a …