Pub

O evento, onde os participantes poderão degustar e trocar experiências gastronómicas, decorrerá entre sexta-feira e domingo, sob o mote “A Rota das Especiarias – a importância na gastronomia tradicional europeia – e os vinhos da Europa”.

Do programa constam provas de vinhos, visitas enogastronómicas a Silves, São Bartolomeu de Messines, Tavira e Guia (Albufeira), a entrega dos prémios “Aurum 2011” de Excelência Enogastronómica da Europa e, no último dia, a bênção e desfile das várias confrarias pela cidade.

“Estes eventos são muito importantes para a promoção do turismo, aliado à nossa excelente gastronomia, bem como para divulgar os nossos produtos regionais junto dos especialistas”, disse à agência Lusa Desidério Silva, presidente da Câmara Municipal de Albufeira.

Paralelamente, e ao longo dos três dias do Congresso (no Hotel Real Santa Eulália), decorrerá uma mostra de produtos agroalimentares e várias degustações de produtos trazidos pelas Confrarias de várias regiões da Europa.

José Manuel Alves, presidente do Comité Organizador e grão-mestre da Confraria dos Gastrónomos do Algarve, realçou que esta é “uma oportunidade de ouro” para promover o património gastronómico da região”, acrescentando que o congresso deste ano vai ser “o maior de sempre”.

A primeira edição deste congresso aconteceu em 2003, em Bruxelas, e desde então o encontro passou a funcionar como um fórum de discussão das confrarias enogastronómicas da Europa.

A Confraria dos Gastrónomos do Algarve foi criada em 2003 e tem trabalhado na valorização da gastronomia algarvia e das suas receitas tradicionais.

O congresso anual é organizado pelo Conselho Europeu de Confrarias, com o apoio do Turismo do Algarve.

Lusa
Pub