Pub

O processo eleitoral, aberto no dia 31 de Outubro passado, viveu já um período com vista à apresentação das candidaturas e a fase de homologação pelo Bispo do Algarve das listas apresentadas. Neste contexto foram então apresentados no último domingo à região os programas das duas listas candidatas.

A reunião magna de chefes e caminheiros em comissão de serviço ficou ainda marcada pelo apelo do Bispo diocesano à participação corresponsável no crescimento do CNE neste período eleitoral de apresentação e debate das propostas das listas A e B. D. Manuel Quintas pediu que este tempo de confronto de ideias seja leal, digno e sem agressividade, para que se honre o movimento.

Para além da apresentação dos programas das listas candidatas, o Conselho Regional do CNE procedeu à eleição da nova mesa do Conselho Regional e à eleição do presidente da Comissão Eleitoral.

Foram ainda condecorados dirigentes e assistentes pelo testemunho dado de serviço e ligação ao movimento, que nalguns casos é mesmo superior a 40 anos. Os assistentes homenageados com a Cruz de São Jorge 2ª classe foram os cónegos José Pedro Martins e José Rosa Simão e os padres António Rocha, Atalívio José Rito, Carlos César Chantre, Firmino Ferro, Joaquim Nunes, José Águas, José António Lopes, Manuel Coelho e Manuel Condeço, e o diácono Manuel Chula.

Os dirigentes distinguidos com a Cruz de São Jorge 2ª classe foram os chefes Álvaro Bila (Agrupamento de Portimão) e Maria José Leote (Agrupamento de Albufeira). Com a Cruz de São Jorge 3ª classe foram homenageados os dirigentes Ana Lopes (Agrupamento de Moncarapacho), Angelino Correia (Agrupamento de Boliqueime), Elisabete Gonçalves (Agrupamento de Monchique), Epifânio Correia (Agrupamento de Alcoutim), João Carlos Coelho (Agrupamento de Algoz) e Maria Gertrudes Correia (Boliqueime).

Pub