Breves
Inicio | Igreja | Corpo de Deus: Bispo do Algarve destacou eucaristia como “lição de amor” para a vida

Corpo de Deus: Bispo do Algarve destacou eucaristia como “lição de amor” para a vida

Corpo_deus_2017 (52)
Foto © Samuel Mendonça

O bispo do Algarve lembrou ontem que “a eucaristia é uma lição de amor, de vida plena, cheia”.

“Quando recebemos Jesus e nos decidimos a fazer da nossa vida também uma «eucaristia» para os outros, encontramos o verdadeiro sentido da nossa vida, a verdadeira alegria de viver”, afirmou D. Manuel Quintas no encerramento da procissão com o Santíssimo Sacramento que se realizou ontem à tarde, por algumas das principais ruas da baixa de Faro, da igreja de São Pedro para a Sé, no dia em que a Igreja celebrou a solenidade do Corpo e Sangue de Cristo, popularmente conhecida como Corpo de Deus.

Corpo_deus_2017 (18)
Foto © Samuel Mendonça

O prelado recordou assim à assembleia presente, proveniente das três paróquias da cidade e de algumas dos arredores, que “a vida só ganha pleno sentido quando é vivida com amor, quando é vivida como serviço, quando é vivida com a capacidade de pedir e de partilhar o perdão”.

Às imensas crianças presentes, muitas das quais foram batizadas e realizaram naquele dia a sua primeira comunhão, D. Manuel Quintas explicou o motivo daquela solenidade. “Estamos em festa porque Jesus quis ficar para sempre connosco”, afirmou, lembrando que Cristo está presente no pão e no vinho consagrados. “Não dá para entender, para explicar. Dá apenas para acreditar e para viver. A fé na eucaristia é isso mesmo. Embora continuemos a ver o que víamos antes – o pão e o vinho –, mas, à luz da fé, pelas palavras de Jesus, sabemos que é Ele que está nesse pão e nesse vinho consagrados”, completou.

Corpo_deus_2017 (33)
Foto © Samuel Mendonça

O bispo diocesano destacou ainda o efeito da comunhão. “Quando comungamos Jesus ajuda-nos a ser parecidos com Ele. Não é no rosto, naturalmente, mas é no modo como nos tratamos uns aos outros”, afirmou, desafiando as crianças a “amar como Jesus amou, perdoar como Jesus perdoou, ajudar os outros como Jesus ajudou, estar próximo de todos, particularmente dos que precisam mais, como Jesus fazia”. “Ele ajuda-nos (se nós deixarmos) a ser parecidos com Ele nos gestos do dia-a-dia. Isto é a grande lição da eucaristia”, prosseguiu.

D. Manuel Quintas desafiou ainda as crianças e os restantes membros da assembleia a “ser contemplativos como Francisco e, sobretudo, ser amigos de Jesus na eucaristia como Francisco”, o pastorinho de Fátima, canonizado o mês passado pelo papa. “Muita gente aqui no Algarve me pediu a mim, bispo, e a nós, padres, ajuda para crescer na espiritualidade. Onde é que está a fonte desta espiritualidade? Ensina-nos o Francisco: em Jesus, na eucaristia. Ele ensina-nos que a vida de oração se alimenta pela escuta atenta do silêncio em que Deus fala”, afirmou.

Corpo_deus_2017 (35)
Foto © Samuel Mendonça

“Que este dia possa, verdadeiramente, constituir um apelo muito grande a crescermos na fé na presença real de Jesus na eucaristia e que este testemunho do Francisco possa ajudar-nos a centrar, através da eucaristia, o nosso coração em Deus que é Pai e nos ama como filhos.
Se nos deixássemos cativar por esta presença, certamente que também a nossa vida se transformaria e, através de nós, também a vida daqueles que nos rodeiam, porque a eucaristia conduz-nos sempre aos outros, à caridade, ao serviço fraterno, ao perdão. É neste sentido que a eucaristia é lição de amor e de serviço para todos nós. Que a eucaristia seja a fonte da nossa fé, da nossa esperança, da nossa caridade”, concluiu.

O cortejo litúrgico foi precedido por uma tarde de adoração eucarística orientada pelas três paróquias da cidade de Faro, tendo a última meia hora de oração sido particularmente dedicada às crianças da catequese que acabaram por participar também na oração de vésperas presidida pelo bispo diocesano.

Corpo_deus_2017 (51)
Foto © Samuel Mendonça

A solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, vulgarmente conhecida por Corpo de Deus, celebra-se, normalmente, 60 dias depois da Páscoa, na quinta-feira a seguir ao primeiro domingo depois do Pentecostes.

Verifique também

Bispo do Algarve presidiu no Carmelo à celebração da solenidade de São João da Cruz

No dia de ontem, em que a Igreja Católica celebrou a memória litúrgica de São …