Pub

Esta equipa assume a responsabilidade pela gestão e administração desta instituição pelos próximos três anos, ou seja, até 2013. Este é o quarto mandato da mesa administrativa que conta com Manuel Filipe Semião nas funções de Provedor.

“As coisas têm corrido razoavelmente bem. Quando viemos para cá, esta mesa administrativa deparou-se com o problema do hospital, independentemente da administração do lar. Tem levado tempo mas contamos abrir o hospital ao público em Fevereiro”, explica o provedor.

Manuel Filipe Semião admite que os desafios passam agora pelo prosseguir uma gestão criteriosa e tentar dar resposta às inúmeras solicitações que chegam à instituição tanto para apoio directo, domiciliário ou de internamento.

“Poder-se-ia considerar fazer uma nova unidade até com outras características. É um assunto que poderá ser analisado por uma mesa administrativa futura agora que o problema do hospital está resolvido”, comenta.

Recorde-se que o Lar da Santa Casa da Misericórdia de Loulé acolhe 128 idosos em internamento e 40 no Centro de Dia. A instituição dá ainda apoio domiciliário a 60 pessoas e apoio domiciliário integrado a mais dez seniores.

Os Corpos Gerentes da Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Loulé passam a ser constituídos pelos seguintes elementos efectivos:

Mesa da Assembleia Geral
Eduardo Tenazinha (Presidente)
Eduardo Pinto
Henrique Silva

Mesa Administrativa
Manuel Filipe Semião (Provedor)
Maria Vitória Virote
Luís Manuel Silva
Ricardo Lampreia
Ilídio Floro
Celestino Viegas
Maria Helena Santos

Conselho Fiscal
Joaquim Laginha (Presidente)
Dinis Martins
Avelino Santos

Pub