Pub

A Associação de Futebol do Algarve (AFA) e a Federação Portuguesa de Futebol entregaram hoje material de proteção individual para os profissionais de saúde de dois hospitais da região, no âmbito do combate à pandemia de covid-19.

“Toda a ajuda é pouca neste momento, mas é com enorme satisfação que esperamos que este material possa, de alguma forma, fazer a diferença nas condições de tratamento dos doentes”, sublinhou a AFA sobre a iniciativa dirigida aos hospitais de Faro e Portimão.

Cada unidade recebeu 200 máscaras, 100 luvas, 100 toucas e 100 cobre sapatos, revelou a instituição.

“É imperativo apoiar quem está na linha da frente, a quem aproveitamos para endereçar o nosso profundo agradecimento”, frisou a direção da AFA.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já provocou mais de 120 mil mortos e infetou mais de 1,9 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Dos casos de infeção, cerca de 402 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registam-se 567 mortos, mais 32 do que na segunda-feira (+6,%), e 17.448 casos de infeção confirmados, o que representa um aumento de 514 (+3%).

Dos infetados, 1.227 estão internados, 218 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 347 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde de 19 de março e até ao final do dia 17 de abril.

Pub