Pub

Mais de 70 micro, pequenas e médias empresas turísticas do Algarve receberam cerca de 640 mil euros da linha de apoio à tesouraria do turismo para mitigar as consequências da pandemia da covid-19, avança ontem o Turismo do Algarve.

A Região de Turismo do Algarve (RTA) indicou em comunicado que 430 empresas se candidataram à linha lançada pelo Governo e pelo Turismo de Portugal, tendo sido aprovadas até ao dia 13 de abril, 154 candidaturas e concedidos apoios a 72 empresas da região.

O presidente do Turismo do Algarve, João Fernandes, citado no documento, considera que “estes dados são já um sinal positivo para as empresas turísticas neste período de especial adversidade”.

“A nossa equipa continuará a tudo fazer para responder às necessidades dos empresários e dos trabalhadores de um setor essencial para a economia da região e com grande representatividade no PIB (Produto Interno Bruto) nacional”, referiu o responsável.

Segundo a RTA, a dinâmica dos resultados “tem sido alavancada através da campanha de informação e esclarecimento aos empresários”, lançada em conjunto pelas entidades do turismo do Algarve, com o mote “Ontem, como hoje, estamos cá para ajudar”.

As candidaturas às linhas de apoio financeiro à tesouraria do turismo continuam abertas, sendo que a adesão não tem associado o pagamento de juros e conta com um período de carência de 12 meses.

As medidas de apoio financeiro inserem-se no âmbito do programa Turismo#PorTodos para apoiar o setor durante a crise causada pela pandemia da covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 145 mil mortos e 2,1 milhões de infetados.

Portugal, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) publicado na quinta-feira, regista 629 mortos associados à covid-19 e 18.841 infeções.

Pub