Pub

A Escola Secundária Pinheiro e Rosa, em Faro, foi hoje encerrada depois de uma funcionária ter testado positivo à covid-19, disse à agência Lusa fonte da Câmara algarvia.

A mesma fonte adiantou que os únicos alunos que estavam em aulas são do 12.º ano e foram transferidos para outra escola, enquanto equipas dos bombeiros sapadores de Faro fazem a desinfeção do estabelecimento de ensino.

A Lusa questionou a Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve, que confirmou a existência de um caso positivo de covid-19 detetado numa funcionária da escola secundária Pinheiro e Rosa.

As autoridades de saúde estão a acompanhar a evolução da situação e avaliar os contactos de proximidade mantidos com a funcionária que testou positivo para aplicação de eventuais medidas de isolamento, referiu a mesma fonte.

No entanto, a ARS não deu indicações para o encerramento da escola, adiantou a fonte do organismo que tutela a rede hospitalar e de urgência da região do Algarve.

Segundo fonte da autarquia, o encerramento da escola, que estava a funcionar com cerca de uma dezena de funcionários e 150 alunos, decorreu da ativação do plano de contingência do agrupamento.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 445 mil mortos e infetou mais de 8,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.523 pessoas das 37.672 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

Pub