Pub

O responsável pelas Celebrações Litúrgicas Pontifícias, monsenhor Guido Marini, divulgou ontem o calendário para a Semana Santa no Vaticano, que vão decorrer sem assembleia, devido à pandemia da Covid-19.

Todas as cerimónias presididas pelo Papa terão transmissão online.

A propagação do novo coronavírus exclui, este ano, a habitual Via-Sacra no Coliseu de Roma, na Sexta-Feira Santa, e a cerimónia de lava-pés, um dia antes, que tem levado Francisco, por norma, a prisões ou instituições sociais; a Missa Crismal foi adiada para data a indicar.

O calendário leva em considerações as disposições da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos (Santa Sé), com um decreto de 25 de março de 2020.

O Papa vai presidir aos Ritos da Semana Santa no Altar da Cátedra, na Basílica de São Pedro, com exceção da Via-Sacra.

5 de abril, Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor

11h00 (hora local, menos uma em Lisboa) – Comemoração da entrada do Senhor em Jerusalém e Missa

9 de abril, Quinta-feira Santa

18h00 – Missa na Ceia do Senhor

10 de abril, Sexta-feira Santa

18h00 – Celebração da Paixão do Senhor

21h00 – Via Sacra (adro da Basílica de São Pedro)

11 de abril, Sábado Santo

21h00 – Vigília Pascal

12 de abril, Domingo de Páscoa – Ressurreição do Senhor

11h00 – Missa do dia. No final da celebração, o Papa concede a bênção “Urbi et Orbi”.

Ecclesia

Pub