Pub

Para construir o presépio foram necessárias 1400 garrafas de plástico, numa iniciativa que visa não só reutilizar os resíduos como alertar a comunidade de alunos para a necessidade de separação dos materiais.

O projeto reuniu a Escola EB1 n.º 1 o Centro de Ciência Viva de Tavira, que promoveu uma oficina com 150 crianças de sete turmas e resultou na construção do presépio gigante com garrafas.

O trabalho estará exposto até ao final de novembro, de terça a sábado, entre as 10:00 e as 18:00 no Centro de Ciência Viva, que fica no Convento do Carmo.

De 2 a 21 de dezembro será possível ver o presépio na escola e de 22 de dezembro a 8 de janeiro no Mercado da Ribeira.

Lusa

Pub