Pub

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

Este ano será novamente na Sé de Faro que as Igrejas cristãs do Algarve se reunirão para, em conjunto, assinalar a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, que hoje se inicia prolongando-se até ao próximo dia 25 de janeiro. Os cristãos residentes no Algarve (católicos e greco-católicos, anglicanos, luteranos e ortodoxos) rezarão em conjunto, no próximo sábado, dia 23 de janeiro, pelas 16h.

“Chamados a proclamar os altos feitos do Senhor” é o tema da Semana de Oração pela Unidade dos Cristão de 2016, inspirando na Primeira Carta de S. Pedro (I Pedro 2,9).

Os textos para este oitavário foram preparados por um grupo de representantes de diversas regiões da Letônia, por iniciativa do arcebispo católico de Riga, e as palavras e expressões usadas foram retiradas da Tradução Ecuménica da Bíblia.

A Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos começou a celebrar-se em 1968 e teve como primeiro tema ‘Para o louvor de sua glória’ (Efésios 1,14).

A comunidade católica integra hoje perto de 1200 milhões de fiéis; a segunda Igreja mais representativa, a ortodoxa, atinge os 250 milhões.

Recorde-se que, as principais divisões entre as Igrejas cristãs ocorreram no século V, depois dos Concílios de Éfeso e de Calcedónia (Igreja copta, do Egito, entre outras); no século XI com a cisão entre o Ocidente e o Oriente (Igrejas ortodoxas); no século XVI, com a Reforma Protestante e, posteriormente, a separação da Igreja de Inglaterra. Luteranos (75 milhões), calvinistas/presbiterianos (80 milhões) e anglicanos (77 milhões) são as principais comunidades das chamadas ‘Igrejas tradicionais’ provenientes da Reforma, a que se juntam 60 milhões que se encontram ligadas ao metodismo.

Pub