Pub

Sob a direção musical de John Avery, o concerto “Dignific’arte”, organizado pelo Banco Alimentar Contra a Fome (BACF) em parceria com a Orquestra do Algarve, realiza-se pelas 21:30, no Centro de Congressos do Arade, no concelho de Lagoa, com preços entre os sete e os 15 euros.

Segundo Nuno Alves, um dos responsáveis pelo Banco Alimentar do Algarve, “a venda total dos bilhetes, permitiria comprar cerca de 150 contentores” para armazenar os alimentos recolhidos durante as campanhas de angariação no Algarve.

“Os contentores de que dispomos atualmente são insuficientes para as necessidades da atividade, que regista um aumento significativo de doações desde 2007, ano da criação do BA do Algarve”, explicou Nuno Alves.

“Temos utilizado caixas de cartão para acondicionar os alimentos, mas esta alternativa é dispendiosa”, observou.

O preço de cada contentor, recipiente adequado para armazenar os alimentos na instituição de solidariedade, ronda os 80 euros, com a vantagem de serem reutilizáveis.

“As caixas de cartão têm sido uma alternativa, mas a sua não reutilização sai muito dispendiosa”, observou aquele responsável.

Na última campanha realizada no mês de Maio, foram recolhidas cerca de 140 toneladas de alimentos só na região do Algarve.

“Recolhemos mais 20 por cento do que na campanha anterior e mais cinco por cento da média nacional”, destacou Nuno Alves, acrescentando que o Banco do Algarve “é já o quinto maior do país”.

Além da fadista Cristina Nóbrega, participam no concerto de solidariedade, o acordeonista Gonçalo Pescada e o guitarrista Eudoro Grande.

Os ingressos podem ser adquiridos na bilheteira do Centro de Congressos do Arade, no concelho de Lagoa (Algarve), na sexta-feira a partir das 09:30 até à hora do espetáculo (21:30).

Lusa

Pub