Pub

Esta parceria, que se irá estender pelas restantes 24 delegações da Cruz Vermelha e 20 estabelecimentos prisionais nacionais, pretende contribuir para a manutenção dos laços familiares e colaborar na construção de um projeto de vida integrado envolvendo a sociedade civil.

Deste modo, prevê-se o desenvolvimento de ações em diversos domínios, como no ensino de socorrismo, atividades socioculturais e desportivas, educação para a saúde, apoio psicossocial, empreendedorismo e inserção sócio profissional, e apoio à reinserção social dos reclusos.

A cerimónia de assinatura dos acordos vai realizar-se pelas 15h00 na Direção Geral dos Serviços Prisionais, na sala de Espelhos do Edifício do Torel, em Lisboa, e em simultâneo nos respetivos Estabelecimentos Prisionais por videoconferência.

Pub