Pub

O fogo começou cerca das 22:00 quando uma fuga de água ocorrida num quarto do 12º andar do hotel, situado na marginal de Monte Gordo, atingiu um quadro de eletricidade, obrigando os bombeiros a intervir a retirar algumas pessoas dos andares adjacentes, por precaução, precisou à Agência Lusa o presidente da Câmara de Vila Real de Santo António, Luís Gomes.

O autarca frisou não se ter “registado nada de grave, nem vítimas”, e “apenas se ter retirado algumas pessoas das zonas mais próximas por mera precaução”.

A localidade balnear de Monte Gordo tem grande parte da capacidade hoteleira do concelho de Vila Real de Santo António e o hotel atingido é um dos mais emblemáticos e mais altos da marginal, que o autarca disse manter-se em funcionamento.

A fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Faro disse à Lusa que o fogo foi dominado com recurso a um extintor por elementos dos Bombeiros Voluntários de Vila Real de Santo António, corporação que prestou assistência no local.

Lusa

Pub