Pub

O Bispo do Algarve lembrou que das 80 paróquias e vicariatos que constituem a Diocese do Algarve, 42 são dedicadas a Nossa Senhora, venerando-a com um dos títulos com que é invocada, e destas, 12 têm como padroeira Nossa Senhora da Conceição. “Por isso, celebramos também esta Eucaristia com estas 12 paróquias que hoje festejam e veneram a sua padroeira”, afirmou o prelado.

Lembrando que ontem, naquela solenidade, se celebrava a Virgem Maria como “rainha e padroeira de Portugal”, o Bispo diocesano salientou que o título da Imaculada Conceição, “profundamente enraizado no povo cristão e no povo português, é muito anterior à sua proclamação como verdade de fé, acontecida em 8 de Dezembro de 1854 pelo Papa Pio IX”.

D. Manuel Quintas aludiu à “escolha de Maria, preservada do pecado desde a sua concepção, como colaboradora” do “projecto de amor e de vida” de Deus. “Por isso, neste dia, celebramos o sim do Pai que encontra resposta no sim disponível e incondicional de Maria e se realiza plenamente no redentor e definitivo de Cristo”, afirmou, acrescentando que “em Maria testemunhamos as maravilhas realizadas por Deus na História da Humanidade, bem como o que Ele pode continuar a fazer na Igreja e na vida de cada cristão se, como a Virgem Maria, assumirmos a mesma atitude de escuta atenta e disponível da sua Palavra e de realização da sua vontade”.

Samuel Mendonça

Pub