Breves
Inicio | Sociedade | Decretada prisão preventiva para suspeito de matar adolescente em Aljezur

Decretada prisão preventiva para suspeito de matar adolescente em Aljezur

O Tribunal de Lagos decretou na sexta-feira a prisão preventiva para o homem suspeito de ter matado uma adolescente em dezembro de 2014, em Aljezur, no Algarve, e que fugiu para a Roménia, onde foi detido, indicou o Ministério Público.

Numa nota publicada na sua página da internet, a Procuradoria da Comarca de Faro anunciou que o homem, de 35 anos, é suspeito da prática de crimes de homicídio qualificado, rapto e profanação de cadáver.

“Os factos remontam a dezembro de 2014 e ocorreram em Aljezur. Existem suspeitas de que o arguido raptou e matou a filha da sua companheira, desferindo-lhe golpes na cabeça com um instrumento contundente. Terá também escondido o corpo e tentado apagar os vestígios do crime”, lê-se no documento.

Segundo a procuradoria, o arguido deixou Portugal e regressou à Roménia, de onde era natural e onde foi detido no âmbito de um mandado de detenção europeu emitido pelo Ministério Público.

O inquérito prossegue os seus termos na unidade de Lagos do Departamento de Investigação e Ação Penal de Faro, estando a investigação a ser realizada pela Polícia Judiciária.

Verifique também

Menos de um ano depois do início da operação já não há trotinetes no Algarve

Dez meses depois de terem sido anunciadas como uma mais valia para a promoção da …