Pub

No VI capítulo da confraria serão entronizados os novos membros da organização, entre os quais membros de honra como Francisco Pinto Balsemão, Filipa Vacondeus, o presidente da Câmara de Tavira, Jorge Botelho, entre outros.

Segundo disse à Lusa José Manuel Alves, prevê-se que o desfile – que começa na Praça da República em direção à Igreja de Santiago -, congregue cerca de 500 pessoas, entre portugueses, espanhóis, franceses, italianos, belgas e macaenses.

“Temos já confirmada a presença de 60 confrarias”, disse o grão-mestre da Confraria dos Gastrónomos do Algarve, confiante de que a região será escolhida para o congresso europeu do próximo ano.

José Manuel Alves acredita que o Algarve está “muito bem apontado” para passar à frente de regiões de outros países concorrentes, a Bélgica e a Grécia, e pensa que o evento de sábado poderá ser um ensaio para o congresso.

“O evento será em novembro, dura três dias e traria à região cerca de mil pessoas”, disse o também vice-presidente do Conselho Europeu de Confrarias por Portugal, frisando que a região tem capacidade para acolher o certame.

O congresso realiza-se este ano em Bordéus, França, local onde será anunciado o país escolhido para acolher o evento em 2011.

Depois do desfile, os confrades assistem no sábado às 11:30 à missa de bênção dos Escapulários na Igreja de Santiago, em Tavira.

A cerimónia termina com o juramento dos novos confrades e com um almoço tradicional algarvio no Jardim Municipal de Tavira.

O objetivo das confrarias é promover o património gastronómico das regiões, nomeadamente o receituário, a arte e as técnicas de confeção dos produtos regionais.

Lusa

Pub