Pub

Foto © Carlos Santos/Lusa
Foto © Carlos Santos/Lusa

A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) anunciou ontem que foram detetados oito trabalhadores em situação irregular durante uma inspeção a 15 empresas de restauração em Tavira, Cabanas, Fuzeta, Santa Luzia e Faro.

Em comunicado, a ACT informou que as inspeções se realizaram nos dias 07 e 16 de julho, “visando a deteção e combate ao trabalho não declarado na restauração em eventos organizados na região algarvia”.

Segundo a ACT, de um total de 84 trabalhadores inspecionados, oito encontravam-se em “situação irregular”, tendo sido detetadas sete infrações e apresentados três autos de advertência”.

A ACT de Faro anunciou ainda que para as próximas semanas estão programadas “ações semelhantes na região”, visando o trabalho “não declarado em unidades de restauração, com particular incidência nos locais onde se promovam eventos relacionados com a época estival”.

Pub