Inicio | Sociedade | Detida suspeita de burla de 5 milhões de euros com barcos de luxo em Vilamoura

Detida suspeita de burla de 5 milhões de euros com barcos de luxo em Vilamoura

A Polícia Judiciária deteve uma mulher suspeita de ter ludibriado, com o companheiro, em Vilamoura, quatro compradores de embarcações de luxo em valor superior a 5 milhões de euros, foi ontem anunciado.

Em comunicado, a PJ adiantou que os factos remontam a 2012, quando a mulher, de 38 anos, e o companheiro, de 45, na posse dos “montantes relativos ao preço das embarcações forjaram transações fictícias com empresas de fachada de modo a fazerem circular o dinheiro e a embolsá-lo sem serem detetados”.

Fonte da PJ adiantou à Lusa que a mulher – sobre a qual pendia um mandado de detenção -, regressou a Portugal, vinda do Brasil, via Madrid (Espanha), no início deste mês, tendo depois viajado de carro para o Algarve.

Do valor envolvido nas burlas, foram apreendidos 2,7 milhões de euros e 3,2 milhões de libras, valor que se encontrava depositado em várias contas bancárias.

Segundo a mesma fonte, o companheiro, também arguido no processo, viajou igualmente para Portugal, mas está em liberdade, depois de em 2015 o tribunal lhe ter aplicado uma caução que se mantém enquanto a decisão final não transitar em julgado.

A mulher é suspeita da coautoria dos crimes de burla qualificada, abuso de confiança, falsificação de documento e branqueamento de capitais.

A arguida vai agora ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação.

Verifique também

Algarve associou-se às iniciativas ‘Terço sem fronteiras’ e ‘Um milhão de crianças rezam o terço’

Na passada quinta-feira à noite, o Algarve voltou a associar-se à iniciativa ‘Terço sem fronteiras’ …