Pub

As detenções dos três homens, dois de nacionalidade estrangeira e um nacional foram realizadas após uma “complexa investigação” que envolveu a Unidade Nacional Contra-Terrorismo e o o Departamento Central de Investigação e Ação Penal (CDIAP), lê-se num comunicado de imprensa hoje divulgado.

Durante a ação policial, as autoridades realizaram várias buscas domiciliárias a casa dos arguidos e apreenderam “10 armas de fogo e 250 munições, que se encontravam na posse de um dos detidos”, adiantou a Polícia Judiciária.

Os detidos, com idades compreendidas entre os 38 anos e os 59 anos, vão ser presentes às autoridades judiciárias competentes para primeiro interrogatório.

Lusa
Pub