Pub

Segundo o Comando Distrital de Operação de Socorros (CDOS) de Faro, o alerta da ocorrência foi registado às 11:13, no Hotel Browns Sport&Leisure Club, em Vilamoura, e no local estiveram a ajudar as vítimas sete elementos dos Bombeiros Voluntários de Loulé, uma equipa do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e representantes da Protecção Civil de Loulé e da GNR.

Três vítimas ligeiras foram transportadas para o Hospital Central de Faro, mas já receberam alta e não "inspiravam cuidados de maior", disse fonte hospitalar à Lusa.

As outras sete vítimas foram levadas para o Serviço de Urgência Básica de Loulé, adiantou fonte do CDOS.

Todas as vítimas – uma de nacionalidade britânica e nove de nacionalidade portuguesa – apresentavam "irritação cutânea e nas mucosas" – olhos, nariz, garganta -, mas estão todas livre de perigo, garantiu fonte do INEM.

Um funcionário do Hotel Browns adiantou à Lusa que as vítimas eram "funcionários e utentes do hotel" e tiveram de ser evacuadas depois de se ter registado uma "mistura de cloro com ácido na casa das máquinas que entrou na ventilação do hotel", nomeadamente para a piscina interior.

O funcionário do hotel adiantou também que a maioria das pessoas já regressou àquela unidade hoteleira e que outras vítimas ainda estão em observação, mas apenas por "precaução".

Lusa

Pub