Pub

A iniciativa é da associação de actividades culturais algarvia Devir, a única estrutura em Portugal a integrar a Rede Europeia de Casas da Dança, composta por 17 países, nos quais deverá também passar a “tournée”.

O espetáculo de sexta-feira, em Olhão, é composto por quatro criações: “no comment”, “Modern Feeling” – coreografias de Shin Chang Ho e Lee In Soo para a companhia Laboratory Dance Project (LDP) -, “Promise” e “Several Questions”.

A última criação, da Jang Eun Jung Dance Company, será acompanhada por música ao vivo, sendo que a apresentação das quatro coreografias em conjunto não deverá exceder os 120 minutos.

No sábado é a vez do CAPa, em Faro, receber três coreografias: “Mong Whan (Bitter Dream)”, da companhia On & Off, “Transforming View”, pela Oh! My Life Movement Theatre, e “Performing Dream”, pela Sun-A-Dance.

A apresentação destas três criações dura cerca de uma hora, sendo a última a mais curta, com cerca de 11 minutos.

Os bilhetes para os espetáculos que serão apresentados em Olhão custam entre oito e dez euros.

Em Faro o preço é de seis euros, com descontos para estudantes e maiores de 65 anos, que pagam cinco.

Os espetáculos estão integrados na Kore.A.Moves, a “tournée” europeia de dança coreana.

Realizam-se no âmbito do projeto Valados, Formação e Criação Artística em Rede, organizado pela Devir e coproduzido por diversos municípios algarvios.

Lusa

Pub