Breves
Inicio | Igreja | Diocese do Algarve iniciou formação para novos ministros da comunhão

Diocese do Algarve iniciou formação para novos ministros da comunhão

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A Diocese do Algarve promoveu no passado sábado a primeira sessão da formação anual para novos ministros extraordinários da comunhão e animadores da assembleia na ausência de presbítero.

A iniciativa, promovida através do Secretariado Diocesano da Liturgia, Música Sacra Novas Igrejas e Espaços Pastorais, teve lugar no Centro Paroquial de Loulé e contou com 30 participantes, oriundos das paróquias de Albufeira, Boliqueime, Cacela, Conceição de Tavira, (comunidade de Cabanas), Ferreiras, Luz de Tavira, Nossa Senhora do Amparo de Portimão, Olhão, Quelfes, Santo Estêvão, Vila Real de Santo António e do vicariato do Siroco (Olhão).

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A formação básica, orientada pelo padre Carlos de Aquino, diretor daquele secretariado, inclui quatro grandes temáticas: a primeira sobre o mistério da Igreja, a segunda sobre a importância do culto e da liturgia na vida da Igreja, a terceira sobre o sacramento da eucaristia, sacramento a que aquele ministério está orientado de maneira particular, e a quarta com abordagem ao ritual do ministro extraordinário da comunhão e também às diretrizes diocesanas para exercício do mesmo ministério.

De entre o exercício de serviço dos ministros extraordinários da comunhão, o formador destaca que o “primeiro” e “o mais importante” é a distribuição da comunhão aos doentes.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

As duas primeiras foram abordadas no último sábado e as restantes serão na metade conclusiva da formação que se realizará no dia 14 de março.

Após esta formação inicial, os ministros extraordinários da comunhão são convidados a prosseguir a “formação contínua” nas ações promovidas anualmente pelas quatro estruturas vicariais da diocese algarvia.

Verifique também

Paróquia das Ferreiras acolhe Oficina de Oração e Vida

A paróquia das Ferreiras está a acolher uma Oficina de Oração (TOV) e Vida desde …

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.