Breves
Inicio | Igreja | Diocese do Algarve promove formação para agências de casamentos

Diocese do Algarve promove formação para agências de casamentos

A Diocese do Algarve vai promover uma ação de formação para agências de casamentos.

A iniciativa, que terá lugar no próximo dia 19 deste mês, entre as 10h e as 17h, no Seminário de São José em Faro, será realizada através do Sector Diocesano da Pastoral de Turismo (SDPT) em parceria com a Chancelaria Diocesana e visa dar a conhecer às empresas que organizam casamentos no Algarve os procedimentos necessários para a preparação de um casamento católico, ou seja, para a celebração do sacramento do matrimónio.

Em nota de imprensa enviada à comunicação social, o Gabinete de Informação da Diocese do Algarve (GIDAlg) adianta que a formação dará a conhecer a “documentação que é obrigatória, bem como os canais de comunicação a usar para obter as devidas autorizações/documentos”, a “tramitação que é necessária”, mas também “questões mais específicas relacionadas com a liturgia e com a forma como as cerimónias católicas de casamento devem decorrer”.

No mesmo documento, é referido que a equipa do SDPT “tem vindo a estabelecer uma relação com todas as empresas de organização de casamentos que operam na região e, por isso, tem percebido alguns dos problemas mais frequentemente enfrentados por estas profissionais e pretende, por isso, ajudar na sua formação, de modo a que as cerimónias sejam cada vez mais bonitas e mais corretas, no que toca ao que a Igreja Católica define”.

Citado na nota de imprensa, o coordenador do SDPT refere que “a importância que têm os casamentos feitos no Algarve por estrangeiros, sobretudo provenientes da Irlanda e de comunidades católicas do Reino Unido, tem vindo a aumentar”. “Se o número de casamentos deste tipo tem aumentado, consequentemente, a relação existente com as wedding planners também se tem aprofundado, pelo que se tornava importante a realização de uma formação que explique detalhadamente quais os passos a dar na preparação destes casamentos, de modo a garantir uma maior qualidade, disciplina e comunicação no que concerne a este tipo de cerimónias, evitando a realização de erros grosseiros, que podem colocar em risco a validade dos matrimónios de casais estrangeiros, ao mesmo tempo que se facilitam os procedimentos junto do chanceler da Diocese, garantindo que os processos chegam até ele com qualidade», acrescenta o padre Miguel Neto.

“Igualmente, procuraremos, reforçar a necessidade de as paróquias darem atenção a estes casamentos e de garantir um correto acolhimento quer aos noivos, quer às wedding planers, orientando-os para que todos os procedimentos legais e canónicos sejam cumpridos”, prossegue o sacerdote.

A nota de imprensa refere ainda que “todos os participantes receberão um certificado e o seu nome será referenciado no site da Pastoral do Turismo como weeding planner autorizada e credenciada pela Diocese do Algarve”.

Verifique também

Igrejas cristãs algarvias voltaram a rezar juntas pela unidade

As Igrejas cristãs do Algarve voltaram a reunir-se na Semana de Oração pela Unidade dos …