Breves
Inicio | Economia | Turismo | Diocese do Algarve promove “passeios” dedicados a “santos” algarvios

Diocese do Algarve promove “passeios” dedicados a “santos” algarvios

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

O Sector da Pastoral do Turismo da Diocese do Algarve passou hoje a disponibilizar, no seu sítio na internet, dois “passeios” temáticos dedicados aos “santos” algarvios beato Vicente de Albufeira e São Gonçalo de Lagos.

“Dar a conhecer estas importantes figuras da história da região, dando acesso a informação sobre estes santos e sobre o património histórico a eles associado e que pode ser visitado” é, segundo a organização, o objetivo da iniciativa que desde 2011 fazia parte do seu plano estratégico.

Quem aceder à plataforma online poderá encontrar duas propostas de percursos a realizar em cada uma das cidades natal destes modelos da fé cristã. Em ambas se procura levar o visitante a descobrir espaços ligados, de algum modo, à vida dos “santos”: os locais de nascimento, espaços museológicos onde se encontram peças ligadas à sua história (como é o caso do Museu Municipal de Lagos ou do Museu de Arte Sacra de Albufeira) ou igrejas onde se crê que tenham estado.

Por exemplo, a capela de Nossa Senhora da Orada, local de culto dos albufeirenses desde há muitos séculos e um dos santuários marianos de maior expressão no Algarve, é onde, segundo a tradição, se crê que terá sido batizado o beato albufeirense.

Os “passeios” propostos são de curta duração (aproximadamente cinco horas, ou seja, uma manhã ou uma tarde) e propõe-se que os visitantes os façam a pé, indicando-se um percurso indicado com coordenadas de localização por satélite (GPS) e locais para estacionamento de viaturas. “Deste modo, além de se dar a conhecer os santos, dado que se disponibiliza informação sobre a sua vida e obra, propõe-se a descoberta destas localidades, bem como do património religioso nelas existente”, justifica o Sector Diocesano da Pastoral do Turismo.

Aquele organismo da Igreja algarvia explica ainda que esta iniciativa “enquadra-se na proposta de programa pastoral da Diocese, que dedica o ano de 2014/2015 ao tema «Chamados à Santidade» e, nesse contexto, inspira-se no exemplo de alguns santos e propõe mesmo que se possa proporcionar o conhecimento da sua vida”.

Imagem do beato Vicente no Centro Pastoral de Albufeira © Samuel Mendonça
Imagem do beato Vicente no Centro Pastoral de Albufeira © Samuel Mendonça

O beato Vicente de Santo António é um dos “Beatos Mártires do Japão” que morreram naquele país no princípio do século XVII, tendo sido beatificados a 7 de julho de 1867 pelo Papa Pio IX. Destes mártires, 12 foram agostinhos, sendo que Vicente de Albufeira também faria parte dessa ordem. Vicente Simões de Carvalho nasceu em 1590 na cidade de Albufeira, no Algarve, mas é no México, para onde foi como missionário, que conhece a Ordem de Santo Agostinho, no seu ramo dos reformados recoletos e nela entra, como noviço, passando a ser conhecido como Vicente de Santo António.

Vicente de Albufeira, ao chegar a Nagasaki, começou uma vida de clandestinidade devido às perseguições movidas aos cristãos. Após três anos de encarceramento e tortura, no dia 3 de setembro de 1632, o padre Vicente, juntamente com colegas seus, foi assassinado, tendo sido queimado vivo.

A Diocese do Algarve honra a memória do beato Vicente de Albufeira no dia 7 de setembro e a sua cidade natal celebra-o no dia 4 de setembro, com festas populares e uma procissão em sua honra.

Imagem de S. Gonçalo em Lagos
Imagem de S. Gonçalo em Lagos

São Gonçalo nasceu em Lagos no ano de 1360. Adotou o sobrenome de Lagos por costume da época entre os frades e entrou no convento dos “gracianos”, nome vulgarmente dado, naquele tempo, aos frades da Ordem dos Eremitas de Santo Agostinho que viviam no Convento de Nossa Senhora da Graça, em Lisboa.

Depois de ordenado foi já pároco na Lourinhã, Lisboa, Santarém e Torres Vedras.

A 27 de outubro celebra-se a memória facultativa do beato Gonçalo de Lagos, obrigatória na Diocese do Algarve e no Patriarcado de Lisboa e este é também o Dia do Município de Lagos que assinala nessa data o seu feriado municipal.

Verifique também

Retirada campanha do aeroporto de Faro que promovia destino francês

O Governo ordenou hoje a retirada de uma campanha publicitária do aeroporto de Faro publicada …