Pub

Num dia em que as temperaturas previstas chegam aos 34 graus em Lisboa, os distritos da Guarda, Coimbra, Viseu, Vila Real e a zona ocidental do Algarve têm quase todos os concelhos em risco máximo.

O resto do país, com exceção da região do Baixo Alentejo apresenta um risco muito elevado de incêndios, o segundo nível mais perigoso.

Desde a meia-noite de hoje, foram registados 61 incêndios, estando 18 ativos, segundo a página da Autoridade Nacional da Proteção Civil, atualizada às 07:27.

A Proteção Civil, que apenas destaca os fogos com uma duração de mais de 2 horas, mais de 10 veículos operacionais ou 3 ou mais meios aéreos pesados, adianta pormenores sobre 14 dos incêndios ativos, dois dos quais estão dominados (Ourém e Tomar)

Na segunda-feira, registou-se um total de 289 ocorrências (um número pouco menor do que o de domingo, quando foram contabilizados 324 fogos), que foram combatidos por 7.312 operacionais e 1.962 veículos.

Lusa

Pub