Pub

Os dois detidos, com idades de 33 e 37 anos e residentes em Lisboa e considerados perigosos, estariam, segundo um empresário português, a tentar extorquir-lhe oito mil euros, ameaçando contra a sua integridade física e da sua família.

A vítima – o empresário português – relatou à GNR que se viu forçado a “esconder a família em Inglaterra com medo das ameaças feitas”, lê-se no comunicado de imprensa enviado hoje à comunicação social.

A GNR, que vinha a investigar o caso há cerca de um mês, desencadeou uma ação com cerca de 20 militares, e deteve em flagrante os dois indivíduos quando se preparavam para fugir com algum dinheiro cedido pela vítima.

A GNR conseguiu apurar que a vítima estaria a ser alvo de extorsão depois de ter ganho em tribunal contra outros dois indivíduos pertencentes ao mesmo grupo detidos anteriormente e a cumprir prisão domiciliária pela prática de extorsão contra o empresário português.

Os detidos foram presentes ao Tribunal Judicial de Olhão, tendo-lhe sido aplicada a medida de Termo de Identidade e Residência, interdição de contacto com a vítima e apresentações diárias para um dos elementos e semanais para o segundo elemento.

Lusa

Pub