Breves
Inicio | Sociedade | Duas casas desabitadas em risco de derrocada na Praia de Faro

Duas casas desabitadas em risco de derrocada na Praia de Faro

As habitações número 85 e 86, situadas na primeira linha de costa e que já tinham sido fustigadas pelo mau tempo no passado inverno, situam-se numa zona de Domínio Público Marítimo.

As marés vivas e a forte ondulação de Sul, com ondas que atingiram uma altura de quatro a cinco metros, terão contribuído hoje de madrugada para a degradação das casas, separadas do mar apenas por alguns rochedos.

A Polícia Marítima está a acompanhar a situação e vai deslocar para o local uma equipa, durante a tarde, altura para a qual está prevista a próxima preia-mar (o nível mais alto a que a maré sobe), disse a mesma fonte.

A situação foi também comunicada à Administração da Região Hidrográfica do Algarve (ARH) do Algarve, que irá decidir se é necessário avançar com alguma intervenção e remeteu esclarecimentos sobre o assunto para mais tarde.

Em declarações à Lusa, fonte da Câmara de Faro afirmou por enquanto não haver necessidade de intervenção da Proteção Civil, embora as equipas estejam disponíveis para colaborar com a Polícia Marítima.

Lusa

Verifique também

Bastonário diz que falta de médicos no Algarve “é grave” e compromete segurança dos utentes

O bastonário da Ordem dos Médicos classificou ontem como “gravíssima” a falta de médicos nos …