Pub

A cantora canadiana que constitui um dos ícones do jazz actual juntou cerca de duas mil pessoas, entre aficionados deste estilo musical mas também apreciadores dos dotes artísticos de Diana Krall.

A voz da carismática cantora e pianista Diana Krall trouxe um repertório variado, com alguns temas do seu mais recente trabalho – “Quiet Nights” – que tem como inspiração o Brasil, com claras influências da bossa nova, com especial destaque para as músicas de Tom Jobin, mas também melodias intemporais.

O próprio recinto foi também um contributo importante para criar um espectáculo de excelência onde a voz sedutora de Diana Krall e a qualidade dos músicos que a acompanham surpreenderam, mais uma vez, o público.

Pub