Pub

Perante uma plateia de cerca de 100 pessoas, os médicos Álvaro Pereira e António Camacho – do Centro de Apoio aos Toxicodependentes de Olhão, desmistificaram alguns juízos sobre a doença e transmitiram aos presentes algumas ferramentas para ajudar o doente alcoólico a assumir-se e a querer tratar-se.

José Pepo, médico na Amareleja, partilhou a sua experiência com a comunidade de Alcoutim, comprovando que o envolvimento e a responsabilização sociocultural ajudaram a combater o alcoolismo.

A moderação da palestra coube ao médico e autarca Francisco Amaral, que combinou com os palestrantes uma formação para dar às famílias alcoutenejas técnicas que as ajudassem nesse processo.

Pub