Pub

Foi na igreja de Vale del Rei que os Marítimos de Carvoeiro, juntamente com o outro agrupamento da Paróquia (o 511 de Lagoa), o núcleo de Lagoa da Fraternidade Nun’Álvares, a Secretária Regional do Algarve dos Recursos de Adultos, bem como toda a comunidade local, testemunharam o compromisso de investidura de cinco Lobitos, um Moço, dois Marinheiros e dois Dirigentes que, após longos meses de preparação, receberam o lenço de Escuteiro no seu compromisso de honra.

Esta ação iniciou-se no sábado, com o acampamento dos Escuteiros de Carvoeiro no espaço circundante da igreja de Vale del Rei, onde cerca de 50 elementos do agrupamento (com idades compreendidas entre os 6 e os 19 anos) viveram um dia de atividades escutistas.

À noite, ao redor da fogueira, entre cânticos e representações, os escuteiros fizeram a sua vigília de reflexão, tendo assim preparado a cerimónia dos neófitos para o dia seguinte. Nessa noite, a “Festa do Fogo”, indispensável no universo escutista, foi um momento alto do acampamento que teve diversas componentes com vista ao progresso dos elementos em campo.

No domingo, às 7.30h da manhã (na boa tradição escutista) foi dada a alvorada no acampamento. Após as habituais abluções, pequeno-almoço e levantamento de campo, às 9 horas iniciou-se a Eucaristia da comunidade paroquial, presidida pelo assistente do agrupamento, o padre José Nunes, em que se realizaram as promessas de investidura. Após a cerimónia, os escuteiros envolveram-se em várias atividades e tiveram um ato solene de entrega de insígnias de progresso e competência, fruto do trabalho realizado pelos bandos, tripulações e equipagem ao longo dos últimos meses.

O almoço, em que os presentes puderam usufruir daquilo que os pais trouxeram e puseram na mesa para partilhar com todos, foi um espaço de convívio e partilha. No fim, fez-se o sorteio de uma máquina de fazer pão, na sequência de uma campanha de angariação de fundos que, algumas semanas antes, possibilitou a ida dos Lobitos e Moços à Kidzania.

Os Escuteiros de Carvoeiro deram mais um passo na sua caminhada escutista, principalmente com a investidura de dois dirigentes adultos que se juntam à equipa de animação que orienta um efetivo atualmente composto por 62 elementos. São agora sete os dirigentes do Escutismo Católico em Carvoeiro.

Falcão da Atalaia
Pub