Pub

Promovido pela Junta Regional do Algarve do CNE, através do seu Departamento Regional da III Secção, as comemorações do Dia do Pioneiro/Marinheiro decorreram no primeiro fim de semana de fevereiro (dias 2 e 3 de fevereiro), este ano em Olhão, na Quinta de Marim, onde foi montado o acampamento.

Tendo como imaginário a “Azulândia”, e como lema “Para o mundo melhorar a azulândia terás de salvar”, a atividade, que procurou ter em conta o desenvolvimento físico, afectivo, de caráter, espiritual, intelectual e social dos participantes, teve início no sábado com a realização de um raide de orientação com coordenadas UTM que foi desenvolvido entre Olhão e Quelfes.

Os escuteiros tinham de fazer algumas “boas ações”, passando por seis instituições sociais e outros locais, a fim de realizarem diversas provas que lhes garantiam pontos e o acesso a coordenadas para conseguirem prosseguir no percurso. Nas instituições sociais cada grupo deixou bens alimentares, pedidos a cada participante no ato da inscrição na atividade, e um cartaz com uma mensagem, elaborado pelos seus elementos.

Regressados ao campo, depois de completo o percurso, ganharam uma chave para libertar o “Blueman”, o herói da atividade. O primeiro dia ficou completo com a realização, após o jantar, do Fogo de Conselho e de um jogo noturno.

No domingo de manhã decorreram as “Olimpíadas da Azulândia” com a realização de matraquilhos humanos, slide e um percurso de cordas e, após o almoço, celebrou-se a eucaristia presidida pelo padre António de Freitas, assistente regional do CNE.

O Dia da III Secção do CNE contou ainda com a colaboração de 44 dirigentes e sete candidatos a dirigentes e 13 Caminheiros (elementos dos 18 aos 22 anos).

Samuel Mendonça

Pub