Pub

Os trabalhadores da CP, da CP Carga, da Refer – Rede Ferroviária Nacional e EMEF – Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário estarão em greve durante todo o período de trabalho, com exceção dos trabalhadores de tração (onde se incluem os maquinistas), que paralisarão entre as 05:00 e as 09:00.

Desde cerca das 11:00 que a circulação na linha do Algarve voltou à normalidade, de acordo com um funcionário da estação.

Pedro Reis, estudante de Organização de Eventos, na Escola Teixeira Gomes, em Portimão, foi afetado pela greve de comboios e teve de faltar às primeiras aulas do dia porque o comboio regional que o iria levar até Portimão não apareceu.

“Só vou conseguir chegar a Portimão depois do 12:00 porque o comboio das 07:45 não chegou”, lamentou.

Também Carlos Teodósio, a tirar uma formação em Portimão de Serralharia Civil foi obrigado a comparecer às aulas por causa da greve.

O funcionário da bilheteira da Estação de Ferreiras referiu à Lusa que não houve muitos cancelamentos de comboios, porque em dias de semana há pouco movimento, acrescentando, todavia, que as pessoas mais afetadas foram as que iam viajar em comboios de longo curso.

Um passageiro que tentava comprar bilhete com destino a Faro disse que desconhecia a convocação de uma greve de comboios para o dia de hoje, tendo conseguido, no entanto, comprar bilhete.

Lusa

Pub